Saudações ao sol

As saudações ao sol são sequências básicas para quem quer iniciar a prática de Vinyasa Yoga. Prática caracterizada pela fluidez, ou seja, menos permanência e movimentando o no ritmo da respiração. O Vinyasa pode ser desafiador por justamente demandar um foco na respiração tornando-a cada vez mais profunda a fim de que os movimentos possam ser executados mais lentamente, além do desenvolvimento das transições de uma postura para a outra. O primeiro passo é praticar muito as saudações e ir aprimorando essas sequências. Com o tempo, a respiração fica mais profunda, os movimentos mais fluidos e vamos tentando transições mais desafiadoras como saltos, flexões de cotovelo, parada de mão...


Aqui estão descritas as saudações, com os nomes de cada postura bem como a forma de relacionar a respiração ao movimento. Aqui, cada postura é executada no tempo de uma inspiração ou expiração, sendo que no Cachorro Olhando Para Baixo permanecemos pelo menos 3 respirações profundas. Os drishits são pontos nos quais levamos nosso olhar durante toda a prática. Esse pontos se modificam conforme a postura que praticamos e devem ser feitos sem gerar desconforto ou desequilíbrio sempre adaptando a prática ao seu corpo, ao seu momento e a sua jornada!

O Vinyasa além de ser um estilo, uma método, uma forma de praticar yoga que tem respaldo filosófico e histórico na tradição do yoga, também pode denominar pequenas sequências como Chaturanga, Cachorro Olhando para Cima e Cachorro Olhando para baixo!