© 2023 por Tipo Diva Blog | Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Black Instagram Icon

Meu primeiro poema publicado: Poetize 2017

09.03.2017

Há muito tempo eu escrevo e no Blog isso não é novidade porque eu publico alguns poemas meus aqui. Mas sempre escondi isso uma vez que diz muito sobre o meu ser mais íntimo e me expor dessa forma é um ato de coragem para mim. Além disso, sou muito tímida, talvez seja por isso que encontro na escrita a melhor forma de me expressar. Meu pai também escreve e apesar de estudar Engenharia eu amo literatura, um pouco por influencia de uma família que sempre me mostrou essa arte. Desde que eu sou muito pequena eu tenho muito contato com esse Universo e Guimarães Rosa é quase alguém da família de tanto que ouvi falar seu nome. Eu encontro na literatura e na escrita minha válvula de escape, a forma que eu tenho de me conectar comigo e com o mundo sem máscaras, medos ou julgamentos. Amo as palavras e os sentidos que podem revesti-las, "...acho que a gramática é uma via de acesso à beleza". Sempre tive o sonho de publicar algo meu, não por pura vaidade (porque sou bem tímida e quando todo mundo da família soube da notícia e leu meu poema fiquei morrendo de vergonha!!), mas sim motivada por um desejo de mostrar algo que fosse verdadeiro e sincero. O mundo é cheio de aparências, status, mentiras... e em meio a isso a arte se faz como algo autêntico, real. Talvez seja isso que sempre me encantou, essa conexão íntima do ser com a sua arte. Essa isenção de máscaras, o "delicado essencial' que Clarice Lispector diz. Eu me interesso por isso, por pessoas, histórias, momentos. E por meio da literatura é possível experimentar sensações, sentimentos... além de poder proporcionar isso as pessoas por meio da escrita. 

Dia 3 de março de 2017, sexta-feira, os livros com meu poema publicado chegaram em casa e foi uma alegria sem tamanho. Ver meu nome, a minha marca, a minha verdade eternizada é algo tão importante para mim! Tudo que eu escrevo é resultado de sentimentos autênticos, momentos únicos e pessoas inesquecíveis, o meu desejo de coração era que todo mundo pudesse viver algo tão bonito que não cabe dentro e precisa de alguma forma ser "expulso". Eu gosto de dizer que esses momentos são as mais belas vibrações de alma. A alma vibra de felicidade, alegria e gratidão. Escrever sempre foi uma necessidade para mim, algo sem escapatória uma vez que me traz paz, me faz bem e muitas vezes dizer não é tão simples. Eu realizei um sonho publicando meu primeiro poema e não há sensação melhor. Esse poema eu nunca publiquei aqui no Blog porque para participar do concurso ele não poderia ter sido publicado em nenhum lugar ainda. Participei do concurso Poetize 2017 que revela novos poetas nacionais e como é bom ver que tem tanta gente fazendo poesia!!! Então aí está, espero que gostem:

 

 

E para finalizar com Clarice: "Eu te digo: estou tentando captar a quarta dimensão do instante-já que de tão fugidio não é mais porque agora tornou-se um novo instante-já que também não é mais. Cada coisa tem um instante em que ela é. Quero apossar-me do é da coisa. Esses instantes que decorrem no ar que respiro: em fogos de artifício eles espocam mudos no espaço. Quero possuir os átomos do tempo. E quero capturar o presente que pela sua própria natureza me é interdito: o presente me foge, a atualidade me escapa, a atualidade sou eu sempre no já".

Quando eu escrevo acredito que possuo os átomos do tempo, eu me faço inteira de corpo/alma... não deixo o presente escapar nesses momentos de inspiração e poesia! Estou muito feliz em poder compartilhar isso aqui, espero que tenham gostado e que isso inspire vocês a fazerem coisas genuinamente suas, que digam sobre vocês, que sejam verdadeiras sem levar em consideração aparências, status porque tudo isso passa e o que resulta essencialmente do seu ser mais íntimo permanece na eternidade. Então independente de fazer Engenharia ou Letras não deixe de fazer o que te faz bem! Porque isso é precioso, é lindo porque te representa.

 

Please reload

Posts Relacionados

Please reload