© 2023 por Tipo Diva Blog | Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Black Instagram Icon

Sobre meditação

22.06.2018

O post dessa semana demorou, mas saiu!! Hoje é um assunto que amo conversar/escrever sobre. Meditação!! Muitas pessoas tem dúvida a respeito de como meditar e principalmente como começar a meditar. Espero que esse post inspire vocês a começar e eu a continuar. Faz algumas semanas que venho meditando diariamente e eu não tem palavras pra descrever o quanto isso é importante para mim e muda minha vida. Eu tive meu primeiro contato com meditação quando participei de um retiro da Brahma Kumaris há mais de um ano atrás. Lá aprendi a meditação Raja Yoga, Raja = rei; Yoga = conexão; ou seja, a conexão maior, a rainha das conexões que nada mais é do que a conexão com nossa verdadeira essência e com o Ser Supremo. Inicialmente foi uma surpresa para mim a meditação promover essa conexão com o Ser Supremo, algumas pessoas não se identificam por não acreditarem em Deus, mas na verdade, cada um pode entender essa segunda conexão de um modo. Segundo o Raja Yoga, nós somos uma energia consciente cujo assento se localiza no ponto entre as sobrancelhas e o Ser Supremo também é uma energia. A conexão se dá através dos nossos pensamentos. A partir disso decorrem várias percepções importantes. Depois de lembrarmos que somos essa energia consciente e que a única coisa que temos são nossas qualidades inatas (paz, amor, coragem, felicidade, paciência, verdade...) passamos a desenvolver um olhar desapegado e ação desinteressada. Deixamos de nos apegar aos papeis que desempenhamos (namorado(a), filho(a), estudante), ao corpo que nada mais é do que um veículo de expressão da nossa alma, às características do ego (ciúme, vaidade, orgulho, egoísmo, vingança, ressentimento...) e tantas coisas mais que por vezes tomam conta da nossa existência e não passam de aspectos do mundo material. Além disso, a ação desinteressada nos liberta das expectativas, das frustrações e possibilita que façamos as coisas a partir de um vontade genuína e sincera. Acessar essas nossas características lindas que temos dentro de nós pode ser um processo trabalhoso uma vez que é preciso se livrar da casca do ego e superar nossas sombras. Mas eu acredito de verdade que nossa essência é paz, amor, felicidade, gratidão... Todos nós queremos e buscamos isso, mas não lembramos do oásis que existe dentro de nós mesmos. Não acho que seja uma visão romântica a respeito da natureza do ser humano porque ninguém se sente bem quando é ansioso, estressado, tem raiva, ciúmes, inveja... nada disso é natural para nós! Mas nossa experiência material muitas vezes nos faz acreditar no contrário, cria várias sombras dentro de nós e esquecemos que somos Luz. A meditação Raja Yoga promove esse conexão com nossa essência e, por isso, meditar é lembrar. Lembrar do que somos. Algumas dicas para meditar:

1. Escolha um local tranquilo onde ninguém te interrompa

2. Tente se conectar com o momento presente (prestar atenção na respiração pode te ajudar nisso!)

3. Comece a observar o que se passa nesse momento de forma desapegada (os sons, as cores, os cheiro, as pessoas, os carros...)

4. Desse mesmo jeito, observe seus pensamentos. Não se apegue, não se deixe dominar por nenhum deles. Você não é um pensamento. Assim como eles vêm, eles vão... 

5. Preste atenção nos processos do pensamento, nota-se três fases: a criação, a experiência e a observação. Perceba que você não é esse processo

6. Depois de estabilizado na consciência de observador desapegado, comece a criação consciente de pensamentos relacionados à sua verdade intrínseca

7. A partir desse momento a meditação começa uma vez que você começa a experimentar todas as suas qualidades inatas como paz, amor, felicidade... Tudo isso está dentro de você! É uma viagem maravilhosa para dentro de nós mesmos.

Meditação não é esvaziar a mente, mas perceber os processos dos pensamentos, entender que os pensamentos são capazes de nos provocar várias sensações e sentimentos, logo se conseguirmos canalizar nossos pensamentos, criar pensamentos que nos trazem só sentimentos bons e positivos não ficaríamos mais à mercê de pensamentos que só nos atrapalham, só nos desmotivam e desanimam. A meditação Raja Yoga pode ser feita de olhos abertos, em qualquer situação do dia a dia, sem que se adote uma postura rígida. É o ser que medita, não o corpo. E isso facilita o processo de levar a meditação para a vida! Eu estou tentando retomar isso, porque deixei a meditação muito atrelada às minhas práticas de yoga, o que eu acho muito bom também! Mas nos dias em  que não conseguia praticar, eu não meditava. Além disso, quando assumo que a meditação só acontece se eu praticar yoga, fica muito difícil levar essa consciência meditativa para o meu dia a dia. Isso é sobre minha experiência. Amo praticar yoga, mas preciso meditar constantemente e nem sempre dá para praticar no mesmo ritmo. Manter uma mente meditativa em todas as situações é um dos meus sonhos. Quando eu me mantenho consciente da minha essência, tudo muda! Tudo. Eu enxergo as coisas de um jeito diferente, encaro a vida sempre pautada na compreensão, no amor incondicional, na gratidão e todas as coisas mais lindas que existem dentro de mim (e de você!). É necessário treinar para que a meditação se torne mais natural e fácil de ser feita e, principalmente, para que vire hábito! Eu sempre coloco esse ponto porque acho importantíssimo que criemos hábitos saudáveis na vida. Meditar é um deles. Percebi que se eu posso ter uma rotina de treinos, alimentação e cuidados comigo mesma, então eu posso meditar todos os dias! Só isso vai me auxiliar a superar minhas sombras criadas nessa experiência no mundo material e a fazer brilhar a minha luz. Que a meditação faça parte das nossas vidas! E esse relacionamento conosco mesmo se torne cada vez mais íntimo e sincero, sem máscaras, sem eu idealizado... para que possa encarar as sombras e brilhar muito como luzes que somos.

Please reload

Posts Relacionados

Please reload