© 2023 por Tipo Diva Blog | Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Black Instagram Icon

Livro: O Poder do Agora

02.03.2019

Primeiro livro de 2019 lido com sucesso!! Ler é uma das coisas que além de eu gostar muito eu aprendo tanto, saio transformada após cada leitura. Acho os autores tão generosos por compartilhar tanta sabedoria, tão inteligentes por serem criativos... Ando lendo muitos livros sobre espiritualidade, meditação e coisas do tipo. Nessa mesma categoria se encaixa O Poder do Agora. O livro é em formato de perguntas e respostas e o autor tenta mostrar de forma simples como a nossa vida pode se transformar quando acessamos o poder do Agora de forma que nos tornemos presentes no aqui. Com exemplos simples e uma linguagem fácil de entender ele transmite mensagens importantes e nos chama para despertar a consciência. As perguntas foram feitas por pessoas que buscam desenvolver a espiritualidade e expandir a consciência sobre elas mesmas e o mundo, logo, são perguntas de pessoas como nós, perguntas básica e que o autor responde, às vezes, de uma forma que pode parecer dura, mas sempre elucidando como podemos nos tornar mais presentes mesmo que isso custe desconstruir tantas coisas que estão enraizadas. A gente muitas vezes se acomoda num lugar de identificação com um eu que nós criamos e sair dessa zona de conforto é um passo trabalhoso por demandar abrir mão de muitas certeza bem consolidadas em nós. Mas o autor nos mostra o caminho e afirma que só assim poderemos de fato viver nossa verdadeira essência de forma autentica e acessar um estado de paz interior por meio do Poder do Agora. O livro é um compilado de razões para meditar, o autor não usa a palavra "meditação" em si, mas é basicamente isso. Ele demonstra o quanto é transformador se atentar ao momento presente e quando não fazemos isso perdemos a essência da vida, porque de fato só existe o aqui e agora, o resto é criação da nossa mente. Quando eu conheci a meditação isso foi transformador para mim, entender que a vida só acontece no tempo presente, o passado a gente não pode mudar e o futuro a gente não tem o poder de decidir, por mais que teimemos em achar que a gente pode controlar e planejar nosso destino. Os momentos mais felizes das nossas vidas, aqueles que a gente lembra com carinho, não teriam tanta importância se a gente não estivesse presente de corpo e alma, e na verdade eu acho que a gente cria nossa realidade a partir do momento que agimos, pensamos e falamos com presença. Ou seja, é a nossa postura, consciente no aqui e agora, que nos permite viver os melhores momentos das nossas vidas. O resto a gente deixa passar por pensar demais no passado ou no futuro, por se iludir criando realidades irreais. Eu sou uma pessoa sonhadora e muitas vezes eu me pergunto se não é uma fuga da realidade, como Cazuza diria "você sonhava acordada, um jeito de não sentir dor". Agora eu tenho consciência disso e não me privo de sonhar porque isso é o que me motiva, que me ânimo, eu realmente acredito que sonhar é essencial! Porém quando eu sonho ou desejo algo eu tento não perder meu presente por isso, deixar de viver ou só pensar nisso. Mas pensar no sonho como uma forma de "colocar" energia naquilo que eu desejo, sem pretensão, apenas movendo energia na direção do que eu quero conquistar. Também não é só sobre ficar no mundo das ideias, mas sobre agir no presente para chegar lá com a consciência de que não controlo e decido tudo sozinha. Aqui vão alguns trechos:

 

"O tempo não tem nada de precioso, porque é uma ilusão. Aquilo que achamos ser precioso não é o tempo, mas um ponto que está fora dele: o Agora. Isso é realmente precioso. Quanto mais no tempo nos concentramos, no passado ou no futuro, mais perdemos o Agora, a coisa mais importante que existe. Por que o Agora é a coisa mais importante que existe? Primeiramente, porque é a única coisa. É tudo o que existe. O eterno presente é o espaço dentro do qual se desenvolve toda a nossa vida, o único fator que permanece constante. A vida é agora. Nunca houve uma época em que a nossa vida não fosse agora, nem haverá. Em segundo lugar, o Agora é o único ponto que pode nos conduzir para além das fronteiras limitadas da mente. É nosso único ponto de acesso para a área atemporal e amorfa do Ser."

 

"Muitas pessoas, embora não percebam, gostam de se envolver em atividades perigosas, como escaladas de montanhas, corridas de automóvel, voos de asa-delta, pela simples razão de que essas atividades as trazem para o Agora, livre do tempo, dos problemas, dos pensamentos e das obrigações pessoais"

 

"A ausência de alegria, naturalidade e leveza no que estamos fazendo não significa, necessariamente, mudar o que estamos fazendo. Talvez baste mudarmos o como. "Como" é sempre mais importante do que "o que". Verifique se você pode dar muito mais atenção ao fazer do que ao resultado desejado através do fazer. Dê sua inteira atenção para o que quer que o momento apresente. Isso significa que você aceitou totalmente o que é, porque não se pode dar atenção completa a alguma coisa e, ao mesmo tempo, resistir a ela".

 

"Todas as coisas que existem têm um Ser, têm uma essência divina, tem algum grau de consciência. Até mesmo uma pedra tem uma consciência rudimentar, do contrário não existiria e seus átomos e moléculas se dispersariam. Tudo está vivo. O sol, a terra, as plantas, os animais, as pessoas, todos são expressões da consciência em níveis variáveis, a consciência se manifestando como forma".

 

"Quando se fala em perdoar, pensamos logo em perdoar alguém, mas o perdão também pode ser em relação a nós mesmos ou a uma situação do passado, presente ou futuro que a nossa mente se recusa a aceitar. É a recusa da mente em aceitar a incerteza, em aceitar que o futuro está além do nosso controle. Perdoar é não oferecer resistência a vida, é permitir que a vida aconteça através de você".

"Se em seus relacionamentos você vivenciou tanto o "amor" quanto o seu oposto, então é provável que você esteja confundindo apego do ego e a dependência do amor. Não se pode amar alguém em um momento e atacar essa pessoa no momento seguinte. O verdadeiro amor não tem opostos. Se o seu "amor" tem opostos, então não é amor, mas uma grande necessidade do ego de obter sentido mais profundo e mais completo do eu interior, uma necessidade que a outra pessoa preenche temporariamente. É uma forma de substituição que o ego encontrou e, por um curto período, ela parece ser mesmo a salvação".

 

"Todo vício surge de uma recusa inconsciente de encararmos nossos próprios sofrimentos. Todo vício começa no sofrimento e termina nele. Qualquer que seja o vício - álcool, comida, drogas legais ou ilegais, ou mesmo uma pessoa -, ele é um meio que usamos para encobrir o sofrimento".

 

Poderia citar muitas outras partes porque o livro é realmente muito interessante e nos ajuda a compreender acontecimentos desde simples da vida até complexos de uma forma mais profunda, espiritual e desapegada. O Poder do Agora para mim só pode ser acessado através de muita meditação e a partir do momento que a meditação faz parte todos os momentos do nosso dia, desde o momento que a gente abre o olho e acorda. Manter um estado mental meditativo e se tornar consciente requer muita paciência e prática de meditação. Espero que a gente consiga persistir nesse caminho, é transformador e vale a pena!

Please reload

Posts Relacionados

Please reload